• Por Serras e Levadas | Do Santuário do Sameiro à Citânia de Briteiros

Por Serras e Levadas | Do Santuário do Sameiro à Citânia de Briteiros

16,00 €  

Data: 22 de maio

Saídas: 08:00 Braga (Makro) 

Chegadas: 16:00 Braga (Makro)

Distância: 10 km

Dificuldade: média

Inclui: Transporte em autocarro da Makro (Braga) atè ao santuário do Sameiro e da Citânia de Briteiros à Makro (Braga) | guias | seguros | Bilhete e visita guiada à Citânia de Briteiros 

Sob o abraço do Sameiro, com a Serra do Gerês como pano de fundo e os encantadores e refrescantes rio da Várzea e ribeiras de Provências e Reamondes, surge a zona de maior altitude média de Braga, nas freguesias de Espinho, Sobreposta e Pedralva. Entre serranias, vales e lugares onde quase nada escapa à sensação de parecer ter importante significado patrimonial, capta-se uma aura a fazer lembrar um pouco a serra do Gerês ou da Peneda, numa experiência de tranquilidade e comunhão com a envolvente que enche a alma de quem aqui vem.  Ali ao lado fica a Citânia de Briteiros, um local milenar, onde Castros e Citânias se desenvolveram ao longo de séculos. Aqui os Galaicos (antigos povos Celtas) encontraram condições privilegiadas para o desenvolvimento de importantes povoados Castrejos. Um percurso que se estende ao longo da freguesia de Donim e S. Salvador de Briteiros, no concelho de Guimarães e freguesia de Sobreposta no concelho de Braga. Uma paisagem marcada pela floresta e ruralidade onde os terrenos férteis são regados pelos pequenos rios e ribeiros e onde vai poder observar moinhos de água centenários junto ao rio Febras e Torto. Variando entre caminhos rurais, trilhos de montanha, este percurso é um convite para vivenciar uma envolvente absolutamente genuína, onde Capelas, Santuários, pecuária, agricultura se revelam na paisagem, e onde elementos como as levadas, a Eira Comunitária, os Moinhos de Portuguediz em Sobreposta, os tradicionais e graníticos núcleos rurais de Pedralva e a envolvência campestre de Espinho perduram na memória de quem os descobre.

Terminando o trilho, pausa para o almoço para depois participar numa visita guiada à Citânia de Briteiros.

Cada participante terá que levar o seu almoço.

Recomenda-se o uso de bastão de caminhada. Atendendo os custos iniciais da reserva (seguros e guias), o pagamento não é reembolsável, podendo no entanto ser transmitida a reserva a outra pessoa indicada por ti. Em caso de adiamento devido às condições meteorológicas a atividade será reagendada para nova data.

 

×